"Selos Recebidos"

sexta-feira, 11 de junho de 2010

"Maligno Cúpido"


Conforme prometido essa deve ser a razão pela qual o Cúpido esta brigado comigo.
Escrito em 26/09/1997.
Vou me retratar, e escrever novamente sobre o Cúpido.

Oh! Cúpido.

Seu olhar me toca, me seduz
Serve como guia
Em noites escuras, para que não me perca
Mesmo já estando perdido em seu olhar
Oh! Doce devaneio
Que mesmo amarga em noites solitárias
És doce à sua presença
Morrer em vida, a morte com outro nome seria amor
Ou uma longa vida cheia de amarguras, mas não denominada morte
Já que me abandonaste, doce amada
Maldito cúpido, que fere os corações daqueles que ainda acreditam no amanhã
E dessa maneira, nos torna tão vulneráveis a essa doce dor
Tornando-nos frágeis
E tal doçura, que mesmo doce nos amargam a alma, deixando-nos magoados
Assim sendo
Por que existe
Oh, maligno cúpido.

13 comentários:

  1. Oh, "maligno cupido"
    que flechou o coração
    desse meu amigo.
    Não há consolo para ele,
    só inspiração
    e se põe a contar
    a dor do seu amor.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  2. "...Maldito cúpido, que fere os corações daqueles que ainda acreditam no amanhã
    E dessa maneira, nos torna tão vulneráveis a essa doce dor
    Tornando-nos frágeis..."
    Adorei isso!!
    Andas inspirado hein?

    Ps: qd me deparei com essa imagem na lista de blog, admito q comecei a rir!

    ResponderExcluir
  3. Linda poesia, Hamilton. Cupido, a dor, os sentimentos. No coração. E viva sempre o amor. Um bom final de semana, beijos ;)

    ResponderExcluir
  4. Beta, assim o cúpido age.
    Para que jamais deixemos de sentir com intensidade as facetas do amor.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Suziley, agradeço muito o carinho de suas palavras e sua presença sempre certa.

    Beijos querida amiga.
    Um ótimo final de semana para tí também.

    ResponderExcluir
  6. Olá amigo!
    Esse cupido está com uma cara estranha não acha?rs
    Como sempre perfeito em suas palavras
    Cupido malvado...
    Obrigada pelo carinho de sempre em meu cantinho.
    Tenha um fim de semana especial.
    Com carinho, Lady.
    Bj

    ResponderExcluir
  7. Eu acho que o cupido é um anjo cego que sai disparando flechadas sem mirar direito. Por isso dá no que dá.

    Ah se eu pego ele, eu esgano e roubo as flechas hehehe.

    ResponderExcluir
  8. rsrsrs...ri do comentário do Ale...rsrsrs...
    mas quem manda no coração, não?

    ResponderExcluir
  9. Vai entender a ironia dele!..rs

    Belo poema
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Pra consertar esse culpido ele terá que entender de simetria, reciprocidade e intensidade.

    Dá para aspirar esse culpido como se faz com o pó??

    Bj!

    ResponderExcluir
  11. Cá estou na tarde vazia... e sem cor! ah, cupido!...

    ResponderExcluir
  12. Você merece...
    Uma semana
    Bordada com raios
    De esperança...
    Sementes de crisântemos
    Nuvens de otimismo
    De encontros e reencontros
    De paz e muitas vitórias
    Bordada com pétalas
    De magnólias
    Em que os anjos
    Teçam risos e te cubram
    De toda glória.

    Linda Semana de Paz!

    (Sirlei L. Passolongo)

    ResponderExcluir

LinkWithin

Web Analytics