"Selos Recebidos"

sexta-feira, 4 de junho de 2010

"Dedique um tempo"
"Viva a Vida"



Hoje vou calar este meu pensar.
Esta vontade inquietante sobre amor e saudade falar.
Vou deixar de lado ao menos por uma noite este desejo que de certo vem a todo o momento desejar se pronunciar.

Vou falar da vida que corre nas avenidas, das vidas que estão presas na correria da massa incessante que nos dias de hoje não correm tão somente por comida.
Falo como se os olhos que tenho fossem de um passado que em verdade desconheço.
Mas aos olhos que se perdem em meios aos transeuntes que se cercam de compromissos, a ponto de se esquecerem de que seu maior compromisso é com a própria vida.
As reuniões as quais não se deve atrasar, ao projeto que não pode se postergar.
E a vida?
Cabe a ela esperar tantas atividades se findarem para poder ter seu momento de glória?
Sei como é a vida, ela é árdua e contém afazeres necessários para viver com dignidade.
No entanto, já ouvi muitos falarem outros tantos lamentarem.
Estes que trabalharam por uma vida, mesmo aos fins de semana que eram para ser de contemplação à vida.
Dias que deixaram de ser o momento em família, de saborear a vida.
Ao menos por dois dias inteiros para se descansar, retornar à família de corpo e mente, e não só de corpo exausto e mente dispersa nos afazeres do próximo dia.
Destes que sacrificaram inúmeros finais de semana, para poderem garantir o próprio sustento de sua vida.
Lamentam anos depois, que não viram a vida passar, pois estavam ocupados em demasia para garantir-lhes o sustendo de cada dia.
Não me entendam mal, sei que muitos não dispõem da facilidade de se descansar aos finais de semana.

Apenas peço que aproveitem a vida estando com saúde.
“Afinal a vida não é um relógio em que podemos fazer os ponteiros voltar.”


“.... Os homens perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde.
E por pensarem ansiosamente no futuro esquecem do presente de forma que acabam por não viver nem no presente nem no futuro. E vivem como se nunca fossem morrer... e morrem como se nunca tivessem vivido.”
Dalai Lama

35 comentários:

  1. Você tem razão, devemos aproveitar ao máximo nossos dias, pois nunca sabemos do amanhã...
    Belo texto Hamilton!
    Bjs
    Mila

    ResponderExcluir
  2. Post teu a vida referenda e tributa,viver intensamente,com simplicidade e ternura,saber perdoar,e a solidariedade praticar!

    Viva La Vida!

    ResponderExcluir
  3. Por darmos tanta atenção aquilo que vai passar deixamos de pensar e agir para aquelas coisas que ficam...
    Pobres são aqueles que olham para trás e nada tem para ver...



    ;*

    ResponderExcluir
  4. E como é bom viver e não deixar a vida passar por nós, reservar um tempo para respirar somente e sentir a presença de pessoas especiais, não extrapolar limites e simplesmente se libertar das amarras !Faz um bem danado!
    Um abraço
    Juliana

    ResponderExcluir
  5. Estou a adorar seus textos Hamilton! A vida passa num piscar de olhos mesmo. No momento em que vou teclando este texto no computador, cada palavra que fica para trás é já passado... ás vezes me dá uma angústia pelo fluir irrecuperável do tempo. Amo a recomendação do Budismo Zen para viver o presente, o aqui e agora.
    E olha, desculpa, meu post não é sobre ternuras, essa é minha forma de me despedir dos que gosto. Mas espero que goste na mesma.
    Ternuras
    Margarida

    ResponderExcluir
  6. Não sabia que tinha vivido no Japão...De repente, pensei que estivesse acordado ainda, não sei que horas são aí, e lembrei-me de que podia gostar de espreitar o blogue duma amiga, a Ré, o blogue dela chama-se Camomila, está na minha lista de blogues, é só clicar, se apetecer...
    Obrigado pelo comentário no gato Banzai...
    Ternuras

    ResponderExcluir
  7. Olá Hamilton!
    A vida é uma dávida, um presente divino.
    Devemos valorizar cada segundo, cada movimento do respirar. Infelizmente, vivemos num mundo frenético, desgastante, onde a qualidade de vida acaba ficando em último plano. Tudo isso para quê? Questiono-me vez ou outra.
    ;)

    ResponderExcluir
  8. Tens toda razão, querido amigo Hamilton. É preciso viver a vida, a cada dia, o presente que nos é dado. Pois da vida nada levamos senão o bem que praticamos! Linda postagem, linda poesia, lindo escrito! Um bom final de semana para você, beijos ;)

    ResponderExcluir
  9. Ótimo post. Acho que a correria em que vivemos torna-se sufocante com o tempo se não tivermos tempo para viver e para apreciar e aproveitar as coisas mais simples da vida.

    E entendo sua curiosidade viu mas o propósito do meu anonimato é justamente ser julgada pela minha essência e pensamentos e não pela minha aparência. Querendo ou não as pessoas criam rótulos e te colocam em caixinhas por ser assim ou assado por isso não conto como sou fisicamente...rsrsrs...mas sou normal, só sou alta! rsrsrs...

    ResponderExcluir
  10. viver cada dia como se fosse o último.
    clichê sim, mas que todos deveriam seguir...
    não vemos a vida passar, não nos damos de quanto somos pequenos, e de como ela passa rápido...
    tempo é um Deus que brinca com agente...cabe a nós contornarmos essa situação..
    bjos meu querido

    ResponderExcluir
  11. Putz, que bom que chegeuei aqui pra ler esse texto... obrigado! me fez muito bem!

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  12. Lamentável aqueles que perdem a vida... vivendo o trabalho. Feliz daquele que deixa tudo de lado... e simplismente vai ao parque contemplar o jardim.
    Estou na fase da contemplação... buscando me encontrar no simples e verdadeiro amor.

    Beijos meu amado amigo... beijos da vampira Laysha.

    ResponderExcluir
  13. Sempre assim, as pessoas correm e esquecem dos outros. Só pensam em trabalho e ganhar dinheiro.
    Eu já corri muito, hoje vivo tranquila, na paz e a espera de um grande amor!
    Um belo texto, parabéns!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  14. As vezes eu me pergunto pq a gente corre tanto. Corre pra onde, corre porque, corre pra que?
    De repente a vida me parece meio sem sentido...e a gente corre pra dar um certo sentido a nossa existência...

    Excelente seu post e sua reflexão.

    ResponderExcluir
  15. Infelizmente as pessoas acham outras prioridades e esquecem que é só viver...paz.
    Obrigada por seu carinho beijo Lisette

    ResponderExcluir
  16. Cuidamos das prioridades e esquecemos da vida, sem nos dar conta que a vida é a maior prioridade.

    Muito, muito bom amigo!!! Parabéns.

    ResponderExcluir
  17. Exato Mila, nada sabemos sobre o amanhã, portanto é importante vivermos o presente de hoje.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Ricardo Calmon, solidariedade praticar.
    Perfeito e totalmente verdadeiro Ricardo.

    Obrigado!

    ResponderExcluir
  19. Jυℓyαnα ツ, em verdade não devemos proporcionar isso ao nosso futuro.
    E poder olhar para trás e ver a inúmeras coisas que de fato vivemos.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Nos libertar das amarras Juliana, muito importante.
    Afinal não estamos para prender nada, e nem assim estarmos presos por algo.

    Obrigado!

    ResponderExcluir
  21. lolipop, fico imensamente feliz em saber que tem gostado do que lê, tal como tenho gostado de suas postagens, sim morei no Japão por um tempo.
    Hoje estou em SP mesmo, terrinha brasileira.
    Vou dar uma passada para conhecer o blog de sua amiga sim.

    Beijos e obrigado!

    ResponderExcluir
  22. Olá Poupée Amélie™, primeiramente seja muito bem vinda.
    Tem razão o frenezi dos nossos dias, acaba ocultando o que deveria ser mais importante...
    ...Viver.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Suziley, quem dera as pessoas se conscientizassem desta verdade, da vida nada levamos...
    É preciso mesmo viver com intensidade, e não morrer em vida.

    Beijos linda, ótimo final de semana!

    ResponderExcluir
  24. Desabafando, a simplicidade da vida apesar de simples tem mesmo que ser vivida.
    São nas simples coisas, que os sorrisos verdadeiros aparecem...

    Entendo sua intenção e infelizmente tens toda razão, e saiba que adoro a essência de seus pensamentos...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Tiabetok, tens razão: "tempo é um Deus que brinca com agente...cabe a nós contornarmos essa situação.."

    Beijos e obrigado pela presença.

    ResponderExcluir
  26. Robson Schneider, seja muito bem vindo, espero que volte sempre.
    Fico feliz em ter proporcionado algo positivo com o texto.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  27. Querida Laysha Vampira, fico muito feliz em saber do momento que vive, e espero em sinceridade que este momento seja eterno...

    Beijos querida amiga.

    ResponderExcluir
  28. Socorro, seja muito bem vinda a este espaço.
    Muito me agrada saber que hoje se propoe a viver a vida, quanto ao grande amor este logo chegará quando menos esperar, e para isso basta continuar com a proposta de viver a vida.

    Obrigado!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  29. Alexandre Mauj, é bem verdade temos pressa em encontrar sentido para viver, mas a pressa faz com que passemos pela vida nesta busca incessante sem nos darmos conta que a vida passa ao nosso lado, enquanto estamos com a visão perdida no sentido da vida.

    Abraços meu caro amigo e obrigado sempre.

    ResponderExcluir
  30. Lisette, é verdade.
    As pessoas tendem a encontrar outras prioridades, e se esquecemda prioridade maior que é viver.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  31. Victor Zanata, eita se não acabei de repetir sua frase sem me dar conta... rsrs
    Mas é o que precisamos não é mesmo? Deixar de nos perguntar dos sentidos que nunca fazem sentido algum, e viver a vida a cada dia.

    Abraços e obrigado Victor.

    ResponderExcluir
  32. E assim também depois de muito tempo também aprendi a descansar aos finais de semana, curtindo a natureza, o céu, o sol, meus amigos, meus filhos queridos e a vida enfim. O Dalai Lama esparrama uma vez mais sua sabedoria que tanto nos ajuda a refletir sobre a vida e você nos trás também essa reflexão em sua arte de maneira poética. Muito bom. Abraços e obrigada pelos seus comentários tão carinhosos aos meus textos e ao meu novo blog. Abraços.

    ResponderExcluir
  33. Márcia, querida amiga.
    Muito bom ter seus comentários aqui em "Profundo Pensar"
    Fico muito feliz de estar vivendo a vida, ou melhor saboreando a vida. O que todos deveríamos aprender a fazer com certeza.
    Não tem do que agradecer aos comentários, todos são frutos de seus belos escritos, que são poesia de fato.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  34. A hora é agora
    Mandaste bem nessa msg
    Bju

    ResponderExcluir

LinkWithin

Web Analytics