"Selos Recebidos"

segunda-feira, 24 de maio de 2010

"Diário de uma Vida"



As palavras nem sempre fazem sentido
Mas com o olhar muito pode ser dito
Não importa o que se tenta balbuciar
Será inútil, se contradizer em um olhar

Quanto à escrita, esta se faz bendita
Pois ao escrever, escreves de alma bem quista
O olhar neste momento tem descanso
Os olhos se fecham quando o pensamento é manso

Nas palavras encontramos conforto
Encontramos meio de alcançar o distante
E delas fazemos sempre seguro porto

Com escritas alcançamos vivalma
Que acalma o espírito inquietante
Vertem lágrimas por saber que o escrito vem da alma.

32 comentários:

  1. Muito obrigado Victor...

    Aprendendo contigo!!

    ResponderExcluir
  2. "E delas fazemos sempre seguro porto"
    concordo perfeitamente meu querido...
    Ah...teatro mágico é simplesmente perfeito...gosto muito, mas as vezes me sinto triste de ouvir...
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Tão lindooo..
    E obrigada pelo comentário, e fique a vontade pra comentar quanto quiser...rsrsrs...eu gosto de conhecer as histórias de quem me lê.

    ResponderExcluir
  4. Ai Hamilto, fiz hoje um poste meio louco...mas vem da alma, kkkkkkkkk
    Bela sua poesia...linda mesmo.
    Bjs
    Mila

    ResponderExcluir
  5. Tiabetok, obrigado pela visita!
    Realmente Teatro Mágico é muito bom, e esta certa algumas músicas nos deixam tristes pela história que nas palavras estão.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. A forma como ela levou a vida e não deixou de viver me emocionou de uma forma indescritível...




    ;*

    ResponderExcluir
  7. Desabafando, muito feliz de ter gostado. E feliz também por não ter se importado com o comentário quase post... rsrs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Mila, tudo o que escreve admiro muito.
    Obrigado pela presença de sempre e pelo elogio!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Jυℓyαnα ツ, esteja certa que toca a quem tiver oportunidade de quem ter a oportunidade de conhecer tal história, tal exemplo de vida.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Muito legal o seu texto poético. O olhar, realmente, diz tudo, difícil se contradizer com um olhar. Gostei, é um post um tanto diferente dos outros, o que mostra a sua criatividade. Beijos pra ti e ótima semana.

    ResponderExcluir
  11. Hamilton, que lindo... Dá vontade de comentar cada frase... mas com certeza:
    "com o olhar muito pode ser dito". Muito mesmo! Olhares não mentem. E quando o fazem, olham para a esquerda... rsrss Não é isso????rsrsrs se não me engano. Verdades "se desviam" para direita, e depois, encaram olhos nos olhos... Aliás, nada melhor do que olhos nos olhos!!!! Linda poesia, como sempre! Bjão

    ResponderExcluir
  12. Na vdd a escrita eh um paradoxo. Ao msm tempo q conseguimos nos expressar por ela, mtas das vzs somos mal interpretados por naum haver o tipico "olho no olho". Qntos desentendimentos e mal entendidos virtuais poderiam ter sido evitados e naum foram pela simples falta de um olhar sincero.
    De qlquer forma, essa eh a maneira q possuimos d nos comunicarmos e procuramos faze-lo o mais claro possivel, pra q naum ocorram equivocos e, se ocorrerem, aos mais receptivos, podemos nos explicar e nos entender. Parar de escrever, NUNK!
    Abracos amigo.

    ResponderExcluir
  13. Gostaria muito de ler a história escrita por essa garota, Aya Kito. Parece ser uma linda lição de vida mesmo!! Espero que chegue ao Brasil. Parabéns e obrigada pela preciosa informação, Hamilton!! Boa semana, beijos no seu coração, ;)

    ResponderExcluir
  14. Depois de muitos dias sem lhe visitar estou completamente encantada com tudo que li até o momento.... desculpe meu amigo por minha ausência aqui, mas o tempo anda cada vez mais curto pra mim, mas saiba que nunca te esqueço e que sempre que posso venho aqui matar a saudades das coisas que escreve, que pra mim são perfeitas... Amo seu espaço e amo ter sua amizade..
    Um beijão e mais uma vez parabéns

    ResponderExcluir
  15. Many times we can indeed express ourselves more in writing. Nice piece.

    ResponderExcluir
  16. Mais um post excelente. Sei que acaba sendo repetitivo este comentário, mas é o que acho, sinceramente.
    A escrita, a rota de fuga, de escape e sobrevivência para Aya Kito. Pelo menos as palavras mal algum conseguiu tirar dela.

    Pode parecer tétrico, mas queria visitar o túmulo de Aya Kitou (não é longe daqui, é em Toyohashi) para agradecer...

    bom dia meu amigo

    ResponderExcluir
  17. (...)
    Nas palavras encontramos conforto
    Encontramos meio de alcançar o distante
    E delas fazemos sempre seguro porto
    (...)

    Realmente,Hamilton!
    Elas são nosso refúgio!

    =**

    ResponderExcluir
  18. Pablo, caro poeta.
    Escrevo tal como escreves então!

    Abraços e obrigado!

    ResponderExcluir
  19. Luciana P., muito obrigado pela presença e palavras.
    E é fato, no olhar muito podemos descobrir, sendo bom ou mal mas conhecemos.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Simone Aline, disse tudo nada como olhos nos olhos, estes são e sempre serão as verdades ditas sem palavras.

    Beijos e obrigado!

    ResponderExcluir
  21. Bleeding_Angel, tens toda razão meu caro, muito poderia ser evitado, bastante um olho no olho, mas muitas vezes não dispomos de tal abençoada ação;
    Contudo, continuamos, escrevemos e nos expomos sem medo de retaliações.

    Abraços Lukas e muito obrigado pelas palavras.

    ResponderExcluir
  22. Suziley, tenho certeza que com a sensibilidade que tens irá gostar muito.
    Pode conseguir o diário dela traduzido, quanto À novela eu baixei ela, para poder assistir.
    Acredito, que esta era a intenção de Aya, ajudar e fazer o maior número de pessoas entender que a boncade nunca morre.

    Beijos e obrigado!

    ResponderExcluir
  23. Nike, muito mas muito bom mesmo poder ler novamente suas palavras, fico feliz que tenha gostado do que leu até então, e espero do fundo do coração que continue a gostar.
    Amo ter sua presença sabia? Tal como igualmente amo e estimo vossa amizade.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Sashindoubutsu.
    First of all I want to say thanks for your presence in this space of Thinking.
    And for sure many things could be expressed in some words, if this words came of our souls.

    XOXO

    ResponderExcluir
  25. Alexandre Mauj, fico muito feliz de sempre poder agradar com estas humildes palavras.
    E de fato a escrita foi o alento de Aya, seu refúgio e sua eterna sobrevivência.

    Se caso, for gostaria que levasse em meu nome uma rosa branca, se não for pedir demais é claro.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  26. ~*Rebeca e Jota Cê*~, seja bem vinda.
    Espero que sempre goste do que ler.

    ResponderExcluir
  27. Lívia Inácio, não só nosso refúgio, mas também um caminho!

    Beijos e obrigado Lívia.

    ResponderExcluir
  28. sou a seguidora nº 100! eba
    seus poemas são muito bonitos
    parabéns por todos eles...

    As vezes eu considero a escrita como a manípulação dos sentimentos da alma. Tantos os olhares quanto as palavras escritas vestem o silêncio, talvez por isso a preciosidade!

    :*****

    ResponderExcluir
  29. Liiร vαи dYkє, realmente a nº100 rsrs.. obrigado pelas palavras e por estar aqui!

    Acredito que além de uma manipulação é também um forma de expressão!

    Beijos!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Web Analytics