"Selos Recebidos"

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

"Partidas & Chegadas"
"O que me deixa feliz?"


Recebi este selo da querida amiga Michelle Lynn, do blog Motabilis, se não conhecem deveriam, para prestigiar seu lindo espaço.
Aproveito ainda para falar de Lolipop, que foi onde vi pela primeira vez este selo, e claro seu lindo grafar acerca do mesmo "Partidas e Chegadas" - Blog Banzai... tenho certeza de que também irão adorar.

Bom, aqui vamos nos com minha humilde contribuição ao selo.... Confiram os espaços a que citei acima, estou certo que ficarão muito satisfeitos.

Quanto à indicação, indico a todos que aqui estiverem, pois foi um prazer enorme escrever com um tema proposto, e que tema...

A música... (É que adoro ela)

Beijos & Abraços de H²K



Das partidas ou chegadas o prazer esta sempre em cada morada.
A partida nem sempre nos é bem vinda, a não ser que se finde com a chegada.
Não importa quantos caminhos se percorra desde que retorne na mesma estrada.
Dentre idas e vindas sou sincero me apetece o trajeto.

É nele que me encontro desencontrando a mim mesmo.
Sou levado no tempo e ao próprio tempo esqueço.
Sou signo da terra talvez por isso os pés nunca estejam no chão.
Pois nos versos e prosas, poesias e refrão é que encontro exatidão

O caminho que separa minha partida e minha chegada.
É o mesmo caminho que junta o meu eu e minha morada.
O viajante sem destino que esta em casa quando esta na estrada.
Canta e acompanha as canções tão somente, sem pensar em nada.

Assim vejo a vida novamente apetecer, na estrada posso também viver.
Minha vida corrida é agora esquecida e permite ser vivida no próprio esquecer.
Entre a origem e o destino, sigo sem desatino
Pois no trajeto encontro prazeres e é de prazeres que sigo.

Minha bagagem, a saudade meu pensamento é daquela que me dá alento.
Pois agora a estrada se faz em devaneio e não encontra um firmamento.
Na bela estrada onde o Sol se põe é onde de rima a estrada se compõe.
Por mais que bela adorada esteja ausente, sabe ela o que meu coração propõe.

O que me faz feliz, é saber que entre idas e vindas, chegadas ou partidas
No trajeto carrego a todos queridos, pois enquanto trafego esqueço feridas
Assim me faço feliz, pois a vida nasce na chegada, finda na partida
Mas na verdade, se vive mesmo é pela trajetória de uma vida.

por: Hamilton H. Kubo




19 comentários:

  1. O que seria de nós sem essas idas e vindas, nesses caminhos de chegadas e partidas.
    Com eles aprendemos tanto, além dakilo que imaginamos...

    >) um xero

    ResponderExcluir
  2. Hamilton

    Quando vi que a Margarida indicou você também sabia que sairia tanta coisa linda.

    "...O caminho que separa minha partida e minha chegada.
    É o mesmo caminho que junta o meu eu e minha morada...
    ...Assim me faço feliz, pois a vida nasce na chegada, finda na partida
    Mas na verdade, se vive mesmo é pela trajetória de uma vida".

    Todo o poema é perfeito!

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  3. "Mas na verdade, se vive mesmo é pela trajectória de uma vida." Isto é perfeito, meu querido Hamilton! O que conta é o caminho, e o que fazemos dele. Não só o caminho possível, mas o que vamos sonhando. Não só a auto-estrada, mas o pequeno trilho. Não só a rua plana, mas também a colina íngreme. E tudo, e todos os que conosco vão fazendo a trajectória...dessa vida, que mal chegada, já é partida!
    Belo texto, meu amigo poeta!
    Amei mesmo!
    BEIJOSSSSSSSSSSSSSSSSSS MUITOS
    TERNURAS
    SEMPRE

    ResponderExcluir
  4. E entre as idas e vindas... o percurso.
    Selo merecido.

    Bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia querido amigo Hamilton!! Linda participação, linda poesia, linda música!! Assim é que você vai seguindo a trajetória da sua vida, entre idas e vindas, chegadas e partidas!! Parabéns!! Bom final de semana, beijos no seu coração ;)

    ResponderExcluir
  6. Perfeito! Como me identifiquei. Eu vivo idas e vindas e por mais que as vezes me pareçam sempre sem destino ou a toa percebi que estou vivendo a trajetória. Parabéns e obrigada!!! Bjos no coração!

    ResponderExcluir
  7. De quantas chegadas e partidas somos feitos somente nossa alma nos pode revelar, mas o que nos deixa contentes é sempre o reencontro e o reconhecimento da nova estação de trens, como, essa, da poesia em que, por ceto, nos reencontramos de maneira muito boa. Abraços

    ResponderExcluir
  8. PERFEITO POEMA
    BEIJOS APRENDIZ !

    ResponderExcluir
  9. Hamilton,

    Seus poemas são sempre encantadores.

    Com toda certeza é na caminhada que descobrimos as paisagens mais belas desse mundo, ainda que em determinados momentos sejam de tempestades ou neblinas, o sol sempre volta a nos iluminar!

    E como você disse, os amigos fazem toda a diferença no percurso...

    Beijos, poeta do meu coração!

    ResponderExcluir
  10. acho que a cada dia vc escreve melhor...deveria transformar em livro! Adoreiiii!

    ResponderExcluir
  11. Muito bonito o que escreveu!

    Olha! Venho agradeceus seus comentários no meu blog, eles são daqueles gostosos, em que a pessoa faz com alma. Gosto de te ter por lá!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  12. "Das partidas ou chegadas o prazer esta sempre em cada morada..."
    "Mas na verdade, se vive mesmo é pela trajetória de uma vida."
    Perfeito do inicio ao fim!
    Melhor indicaçao nao poderia!
    Parabens, lindo poeta!

    Beijo carinhoso!

    ResponderExcluir
  13. Oi,Hamilton! Com certeza o mais importante é o trajeto a se percorrer e com que dividimos eles, é preciso que façamos escolhas a todos momentos e ver se as pessoas em quem confiamos merecem realmente dividir esse trajeto conosco.Também adoro Engenheiros e percebi uqe tu é tri fã,hihih.
    Uma ótima semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Hamilton, como pode dizer que a música que postei foi golpe baixo?!!!

    Confesso que não me surpreendi. Do pouco tempo que venho lhe acompanhando, esperava por um poema perfeito... sempre perfeito!

    "(...)Dentre idas e vindas sou sincero me apetece o trajeto.

    É nele que me encontro desencontrando a mim mesmo.

    (...)

    Na bela estrada onde o Sol se põe é onde de rima a estrada se compõe.
    Por mais que bela adorada esteja ausente, sabe ela o que meu coração propõe.(...)"

    Adorei! Sem palavras...

    ResponderExcluir
  15. Belo poema, bela música e belo hamster, adorei alimentá-lo! hehe


    Beijos da vampira Laysha.

    ResponderExcluir
  16. eu tô com a desabafando!
    seus poemas tinham que virar livro, pq são lindos.
    tem mto sentimento, são sempre muito bem construídos, é arte pura!
    grande abraço meu amigo! boa semana e bom feriado

    ResponderExcluir
  17. "O caminho que separa minha partida e minha chegada.
    É o mesmo caminho que junta o meu eu e minha morada.
    O viajante sem destino que esta em casa quando esta na estrada."

    Linda música. É assim que me sinto as vezes, exatamente como este trecho. Sabe concordo que o importante é o caminho que percorremos e não o final, mas as vezes me pergunto será que é o final, pois quase sempre aparece um depois...

    bjs!

    ResponderExcluir
  18. As partidas sempre iram nos levar a algum lugar...beijo Lisette.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Web Analytics