"Selos Recebidos"

sexta-feira, 22 de julho de 2011

"A criança em mim"

Fonte da imagem: Clique aqui

Hoje amanheci querendo voltar a ser criança
Brincar de casinha, e nos olhos transmitir esperança
Na verdade, este desejo provém de um desejo de ter
A criança minha espelhada em outro lindo ser

Aninhar em meus braços uma vida nova
Uma criança que sonha e que a própria vida renova
Cuidar em demasia, não para tê-la mimada
Mas para criar rima em sua nova e longa jornada

Despertar em meio a madrugada com seu choro
Levantar ainda sonolento para dar proteção, prestar socorro
Sentir-me cansado do melhor cansaço que se possa ter
De cuidar de um filho(a) amado, o ser do meu ser

Que vontade maluca esta a que tenho tido
Sempre adorei crianças, mas não havia pensado em ter até ter lhe conhecido
 Uma nova vida provinda de uma linda união
Gerando nova vida, de dois corações um novo coração

O sentido mais belo desta nossa lida
De duas vidas, ver florescer uma nova vida
Dos jardins distantes o encontro do singelo amor
Em meio a eles ver florescer nova vida, e às vidas propiciar novo sabor



Este vídeo um incrível achado, é do nosso amigo Alexandre Mauj, do Blog: Lost in Japan.
Obrigado Alexandre!




17 comentários:

  1. Muito bonita...Parece algo intríssicamente pessoal.
    Seja o que for minha interpretação, Parabéns!
    Sinta-se abraçado
    Beijo na alma
    Saudações Poéticas!

    ResponderExcluir
  2. Hamilton,
    Que linda poesia!
    Tbm tenho essa saudade dos tempos de criança... Era td tão fácil, tão bonito..
    Pena q temos de crescer!

    Bjs e um findi mara p/ vc querido :)

    Tânia

    ResponderExcluir
  3. ai que fofura de imagem, eu amo esses anjinhos
    eu também sinto saudades dessa época boa
    bom é ver esse sentido de ter um anjo pra você, muito bom viu!
    abraços
    Ju

    ResponderExcluir
  4. Como disse a Tereza: "è algo intrinsecamente pessoal"...e lindo!

    E, de repente nos dá esses sonhos...a criança que nunca deixamos de ser deseja trazer à vida a criança que desejamos ter.

    Beijos Hamilton!

    ResponderExcluir
  5. Bom dia,Hamilton!!

    Que lindo sentimento nesta poesia!!!Primeiro o desejo de ainda ser crianças e num sentido mais evoluído querer cuidar de alguém, fruto do amor!!!
    É emocionante!Traduziu tão bem o sentimento que nos toma, quando estamos preparados para ser pais...Foi exatamente assim que me senti,a sorte que meu marido estava em sintonia, e juntos decidimos ter nosso filho(hoje com 10 anos!!), e o sentimento não muda, me senti assim ,antes de decidir ter o segundo (minha menina,hoje com 4 anos!).Amei a poesia!! Não é fácil, mas na vida tudo que vale à pena exige algum esforço!!
    **Hoje é seu dia no Flores, espero que goste da imagem que escolhi...qualquer coisas me avisa,tá?Que troco.
    Obrigada sempre pelo companhia e comentários tão gentis!Fico contente em ser sua amiga!
    Bom final de semana!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Linda essa poesia. Ser criança é tudo de bom. As vezes me pego pensando de como gostaria de poder voltar a ser criança pelo menos por alguns segundos do passado que vivi.Parabéns pela poesia. Linda e com muita sensibilidade. Adorei te ler um pouco e vim conhecer seu blog através de blog de amigos. irei seguir seu blog...Um abraço, e te convido a conhecer meu blog. ótimo sábado.

    ResponderExcluir
  7. Vim lá do blog da Vívian onde li uma poesia sua, decidi dar um pulo aqui e estou vendo que valeu a pena, quanta coisa bonita, parabéns!

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. Linda poesia!!! Parabéns!!! Achei tudo muito lindo no profundo pensar....
    "E ser criança é, também, ser o adulto que nunca esqueceu da criança que foi um dia."

    Beijos!
    San....

    ResponderExcluir
  9. Oi,Hamilton!Pois é as vezes eu penso nisso sabe ter filhos acho uqe nos faz voltar um pouco no tempo e reacordarmos a criança que há em nós,mas simceramente não sei se quero ter filhos é uma responsabilidade muito grande e não me sinto pornta para isso ainda,mas quem sabe um dia né...
    Beijos e um ótimo domingo!!!!

    ResponderExcluir
  10. Fiquei encantadíssima com a delicadeza desse poema. Vc está se superando a cada nova poesia. Meus parabéns! Adoreiiii!

    ResponderExcluir
  11. Você é uma pessoa sensível e possuidora daquele maravilhoso sentimento que chamamos amor. Neste poema trouxe à realidde a sua criança e, ao mesmo tempo, a criança que pretende amar. Muito lindo!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. aH... QUE FOFUCHO SEU POEMA..QUE FOFUCHO ESSE VIDEO..
    tUDO MUITO LINDO AQUI..
    ACHO QUE EU TRAGO MUITO DA CRIANÇA QUE NÃO FUI..RS
    COMPLEXO NÉ?
    MAS É VERDADE..

    BJ

    mA

    ResponderExcluir
  13. Ser criança é mágico, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  14. Hamilton, vc é mesmo um artista das palavras.
    E que grande emoção, aninhar uma nova vida, que foi gerada pelo amor... algo único.

    no vídeo, o pequeno Hideki rs, que sempre aparece nos meus posts e hj já tá grandinho. eu fico honrado de "participar" neste post tão bonito!

    muito obrigado por este belo poema, um presente!

    abraços meu amigo

    ResponderExcluir
  15. HAMILTON, amigo querido, cada vez que venho aqui fico mais encantada com sua docura, bem disse o Ale,vc. é um artista das palavras, lindo este poema, ser criança, lembrar desse tempo, é uma das coisas boas da vida. É Hamilton, poder ter em nossos braços um filho, é sentir o coração bater fora do peito, no meu post dessa semana falei da minha filha, uma pessoa muito mais que especial na minha vida.

    Beijos, muitos beijos e carinhos.

    Vc. é uma pessoa especial

    ResponderExcluir
  16. Acho é bem esse o sentido de ter um filho, um novo coracao que nasce a partir do amor de dois coracoes.
    Ahh o bebê do vídeo é muito lindinho!

    ResponderExcluir
  17. Bom dia,Hamilton!!

    Deixo meu beijo e meu carinho!!
    Tenha um lindo dia!!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Web Analytics