"Selos Recebidos"

domingo, 18 de julho de 2010

"Aprisionado"

Primeiramente peço a todos (as) que desculpem a ausência.
Não me encontro em momento inspirado.
E no fim o termo aprisionado cabe muito bem de fato.



Moro em uma prisão que eu mesmo criei
Tenho crenças perfiladas sem saber de onde as herdei
Sinto-me feito animal aprisionado
Como se correntes fosse deste o único legado


Estranheza é ter a chave em mãos
E não desejar soltar-me deste grilhão
Nada entendo sobre a vida
E continuo sem entendê-la


Talvez deseje estar se preso para não cair em desventura
Pois das vezes que se fizera liberto fora desperto em aventura
Ainda que gélida seja a cela
Conforta o coração que vela


Das crenças agora amontoadas
Faz em desejo o ceticismo
Cético não me aventuraria
Nas facetas do amor que só trouxeram agonia


Talvez seja tempo do animal repousar
Não mais se entregar tampouco voar
Do amor que sempre louvou
Restaram as cicatrizes do amor que nunca chegou


Agora não mais importa o peso
O animal deixa estar-se preso
Sua crença fora trancada
E fez do amor fé estancada.



19 comentários:

  1. LIndo como sempre , amigo!!
    Desculpas aceitas somente se aparecer mais x !!!!
    Beijos
    Adoro!


    Ps: Assim que te respondi ... vc saiu :(

    ResponderExcluir
  2. Perfeito *-*
    E que bom que estás de volta...
    Trate de não sumir mais pois faz falta!!!



    ;*

    ResponderExcluir
  3. "Estranheza é ter a chave em mãos
    E não desejar soltar-me deste grilhão"

    Nossa Hamilton! Que poema mais lindo e verdadeiro! Lembrou-me do livro "Perto do Coração Selvagem" de Clarice Lispector.

    “Talvez foi apenas falta de vida: estava vivendo menos do podia e imaginava(...)Quem recusa o prazer, quem se faz de monge, em qualquer sentido é porque tem uma capacidade enorme para o prazer, uma capacidade perigosa – daí um temor maior ainda(...) Como seria bom construir alguma coisa pura, liberta do falso amor sublimado, liberta do medo de não amar...pior que o medo de não ser amado(...)quem sabe, talvez a crença na sobrevivência futura venha de se notar que a vida nos deixa intocados”...

    "Liberdade é pouco o que desejo ainda não tem nome"

    Ah, e que bom que sabes que tens a chave contigo!!

    Beijos e uma linda semana para ti!

    ResponderExcluir
  4. Ei, saia dessa cela fria, volte a acreditar! O amor surge quando menos esperamos, não pode se fechar assim...acredite! Volte a sonhar!

    ResponderExcluir
  5. As vezes precisamos de um tempo...não te preocuope estaremos sempre esperando, paz.
    Beijo Lisette

    ResponderExcluir
  6. Abre o grilhão dessa tortura
    Sai em nova aventura
    Procurar um novo amor
    Põe-se de novo a sonhar
    E se por ventura
    Não encontrares o que procura
    Ainda terás amor a dar!

    Excelente semana.

    Bjs no coração!

    PS: não some mais, não.

    ResponderExcluir
  7. Sabia que por aqui há um comboioiiinho de gente mooooorrrendo de saudade sua??????
    Vá, pega na chave e abre essa prisão...poeta não sobrevive agrilhoado, e tudo, mas tudo só espera vc estar livre pra acontecer.
    TERNURASSSSSSSSSSSSSSSSSS
    SEMPRE!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Oi menino
    Se solte, de nada adianta trancar-se , vivemos à medida que temos coragem de transpor os ostáculos.
    Abração

    ResponderExcluir
  9. Podem seguir meu bog?

    primeiro-livro.blogspot.com

    Obrigada,
    *Amanda*

    ResponderExcluir
  10. Hei amigo!
    Saia dessa prisão, assim perderá as oportunidades que podem estar do seu lado.
    "A vida é muita para ser insignificante".
    Abra suas asas e voe.Sem medo de ser feliz.
    Saudades suas.
    Todo meu carinho deixo aqui pra ti.
    Tenha uma semana de muita paz.
    Não nos deixe morrendo de saudade,
    Isso é maldade.rs
    Carinhosamente, Lady.

    ResponderExcluir
  11. poderia ser a sua prisao escolhida,

    Bjs
    Inana

    ResponderExcluir
  12. Não peço pra tu saires da prisão por você mesmo criada... pois quando 'nela' entramos; apenas nós mesmo encontraremos a chave da saída. Tudo tem seu tempo deterninado.

    Não pense que de ti não morro de saudade... pois meu coração sente muito sua falta.

    Beijos sempre sangrentos da vampira Laysha.

    ResponderExcluir
  13. Oi Hanilton, saudade.

    Se a falta de inspirção te fez criar algo tão lindo, então preste atenção nela..rs

    Lindo texto...gostei muito.

    Beijos meu

    ResponderExcluir
  14. Nossa, amei seu blog, seu poema inspiradissimo e lindo, parabéns por tudo isso aqui.

    ResponderExcluir
  15. Acho que essa prisao é que te liberta,te faz viajar sem sair do lugar!
    Bela e inspiradora prisao!

    Meu lindo Amigo,
    Obrigaisima pelo seu lindo carinho por mim!
    Passo aqui hj meio apressadinha para desejar feliz dia do amigo e dizer que vou me ausentar mas passo vez ou outra pra lhe ver oK?
    Ate+

    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. As vzs eh mto mais comodo fecharmos numa prisaum do q enkrar a vida e suas dores de frente, mtas vzs jah fiz isso amigo e acredite, naum vale a pena manter os grilhoes.
    Abracos.

    ResponderExcluir
  17. Quer dizer que tinha sumido ??

    " Talvez seja tempo do animal repousar
    Não mais se entregar tampouco voar
    Do amor que sempre louvou
    Restaram as cicatrizes do amor que nunca chegou"

    Como sempre, lindas, lindas, mas meio tristes, ne?!

    Adorei a musica.. =D

    Bjs

    ResponderExcluir

LinkWithin

Web Analytics