"Selos Recebidos"

quinta-feira, 8 de abril de 2010

"Dias Cinzentos"

O dia é anunciado por um sonoro toque.
Os olhos se abrem um tanto confusos.
E buscam foco na escuridão de um quarto.

O corpo ate então inerte começa seus movimentos.
Preguiçosos é verdade.
Mas não há escolha, precisa cessar o som que atordoa.

Agora o silêncio se mistura ao breu.
Os olhos pesados querem permanecer fechados.

Mas a consciência não permite.
Força os a manterem-se abertos
a fim de despertá-los.

O frio agora abraça o corpo.
Arrepia a alma.
Não há mais como evitar.
É preciso levantar-se.

O olhar busca uma claridade.
Mas busca em vão.
Pois tudo o que encontra é escuridão.

A consciência faz pensar.
E conclui que se trata de um reflexo.
Reflexo de um estado.
Os olhos vêem o que a alma sente.

O céu cinzento.
O vento gélido.
E as gotículas que caem sobre o asfalto.

São reflexos de uma alma.
Que não enxerga mais o que o coração teima em acreditar.

E assim se faz o dia.
Assim se faz a tarde e a noite.
Cada vez mais fria.

E no escuro novamente.
O sono entorpece o corpo.
E pede a mente que descanse.

Não relembre amores.
Pois neste momento.
As almas se fazem distantes.

Então cesse a visão.
Calem-se os pensamentos.
Pois agora neste leito.
Repousará outra alma sem mais desejos.
 
Assim se faz meu dia.
Assim vivo dia após dia.
Como se os dias atuais.
Refletissem meus desejos mais mortais.

27 comentários:

  1. Hum... e os sonhos? (rs)
    Desculpe-me, mas quando estou nesse estado d´alma, nem os sonhos me deixam em paz!

    Se não sonha assim (cinza) considere-se um privilegiado!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Falou bem nossa querida amiga Liliam....e os sonhos?
    O poema é absoluto, lindo...mesmo assim, to com vontade de te matar....rssss
    Adoro-te.
    Bjkas

    ResponderExcluir
  3. Oi Kubo, eita que é tão dificil quando nosso estado se materializa, quando nem no mundo "sensivel" é possivel se livrar das cores cinza da alma. Ixi, como te compreendo!
    Então, venho te agradecer pelo comentário maravilhoso e significativo. Voce sentiu perfeitamente os sentimentos contidos em minhas palavras e seu poema mais antigo diz muito do momento atual.
    Enfim, estarei sempre por aqui.

    Digo que tb não estas sozinho nessa jornada cinza...

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Seus textos tem sempre muita sensibilidade.
    Como é difícil muitas vezes colocar um pouco de cor na alma. E manter a cor...

    O cinza permeia nossa vida em muitos tons, em muitos instantes.

    Excelente! abraços

    ResponderExcluir
  5. Lilian, apesar dos pesares me conhece por deveras bem, acredito que os sonhos a que atribui tristeza a mim ocorrem em noites que por sinal corriqueiras fazendo companhia à insônia que profana meu leito.

    Beijos linda!

    ResponderExcluir
  6. Lila querida, e os sonhos?
    Estes virão inevitavelmente, mas enquanto não chegam deixo as lágrimas contidas nas palavras exprimirem o que a alma chora.

    Beijos, também adoro-te.

    E obrigado por me presentear com vossa presença.

    ResponderExcluir
  7. Dark Desire, tens toda razão.
    É um tanto difícil continuar sorrindo quando o estado se materializa, no entanto é necessário passar pelo Mar revolto para se alcançar a Ilha tranquila.
    Agradeço sua visita e suas palvras, e em muito sua companhia, quisera que não sofresse, mas como não temos escolhas caminhamos lado a lado a fim de não deixar o outro escorregar e resolver desistir da caminhada.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá Alexandre, muito obrigado, pela presença.
    Tens tazão dificil manter-se as cores em nossas vidas, mas assim vamos caminhando não é mesmo?
    Dentre trancos e barrancos.

    Abraços e novamente obrigado!

    ResponderExcluir
  9. Kubo, Kubo, Kubo

    " Então cesse a visão.
    Calem-se pensamentos.
    Pois agora neste leito.
    Repousará outra alma sem mais desejos"... Nao, diga isso, please... Sem desejos, NAO :(..

    Profundas palavras como de praxe, mas seria bom que tua alma nao perdesse os desejos, né?!

    Um mega beijo...

    Pris
    Tdolu

    ResponderExcluir
  10. Olá Pris...
    Acredito que o momento seja meio assim, mas quem sabe alguém não me faça voltar a ter desejos, sonhos e crenças.

    Beijos também adoro você!

    ResponderExcluir
  11. Tristeza materializada é depressão, segundo os psicólogos, não?!
    Então Pris, esquece, não adianta falar com esta pessoa - pra ele, quanto mais escuro, frio e triste, melhor... "Um caso perdido".

    ResponderExcluir
  12. Bom,

    Não sei nem o que lhe dizer. Ao meu ver, ele está a espera de alguem que lhe traga motivos para desejar e sonhar novamente. Sem sofrimento para ambos.

    ResponderExcluir
  13. Nossa o que acontece aqui??
    Anônimo quem é você?
    Afinal definiu-me como caso perdido.
    Imagino que tenha algum conhecimento em pscicologia, se considerar o comentário que fora feito.
    Se encontrastes a fórmula da felicidade, seria interessante que a dividisse com todos aqui.
    Mas apenas lembre-se de levar em consideração personalidades elas se diferem em cada um.
    E por vezes sacrificamos algo, não para benefício próprio e sim para o bem de outrem.

    Pris, agradeço de coração suas palavras.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Você é um poeta e mesmo sitando tristeza de um dia sombrio ainda vejo muita poesia e gosto.
    Com carinho Monica
    Vim para conhecer os amigos de Alexandre e gostei

    ResponderExcluir
  15. " - São reflexos de uma alma.
    Que não enxerga mais o que o coração teima em acreditar... "



    Muito perfeito!!!
    Reflete boa parte do que sinto...






    Bejãoooo ;*

    ResponderExcluir
  16. Saudações Mônica;
    Seja muito bem vinda a este humilde espaço onde procuro sintetizar em palavras um estado.
    Fico muito feliz que tenha gostado.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Julyana, espero que o estado em que se encontra ache logo seu firmamento.

    Muitissímo obrigado por estar sempre presente.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Hum... adorei tantos felinos aqui...
    Obrigada por tá me seguindo!^^
    Adorei a estrofe "O olhar busca uma claridade. Mas busca em vão. Pois tudo o que encontra é escuridão." Me lembrou meu eu de alguns dias, e mesmo sem querer querendo entendo um pouco desses sentimentos incessantes e cinzentos que por hora ou sempre tomam conta de nós!
    Adorei

    bom fim de semana!
    kiss

    ResponderExcluir
  19. Olá Liss...
    Minha gatinha na página.(risos)
    Fico feliz em saber que este dias se tornaram lembanças e que não mais habitam seu presente.

    Beijos Liss.
    Um ótimo final de semana para você também.

    ResponderExcluir
  20. Agradeço imensamente pelo comentário em meu blog. Venho prestigiar seu espaço também. Como sempre, parabéns pelo excelente texto.

    ResponderExcluir
  21. Saudações Edgard ou seria melhor Pierrot?
    Não tem do que agradecer em relação aos comentários, com lhe disse seus textos também são incrivéis.

    ResponderExcluir
  22. Olá...hum é assim que acordo para trabalhar, principalmente nas segundas feiras,rsrsrsr...

    Bem, muitas vezes nos sentimos assim, preferimos o fechar dos olhos para não se pensar em certos momentos da vida...é como se a escuridão da noite se torna-se nossa amiga...

    Amei este lugar, e agora quero aqui ficar...

    Obrigada pela visita no Simplismente Eu, passe lá sempre que sentir vontade...

    Beijos e tenha um ótimo domingo...

    ResponderExcluir
  23. E se não posso te trazer dias coloridos te trago um abraço acolhedor... Passo e te deixo meus desejos de um ótimo domingo...Que ele não seja tão cinza...

    beijos

    ResponderExcluir
  24. Que bom que gostou do ensaio. Me alegra muito seu carinho pelo que escrevo.

    Saudações do Pierrot.

    ResponderExcluir
  25. Olá Valquíria Falcão, seja muito bem vinda!
    Adorei seu espaço também!

    Beijos e um ótima semana.

    ResponderExcluir
  26. Linda Dark Desire, agradeço por demais seu abraço acolhedor, esteja certa de que lhe retribuirei com muito gosto.
    E que os dias deixem de ser cinzas, para dar lugar às cores da vida.

    Beijos e mais uma vez obrigado!

    ResponderExcluir
  27. Caro Pierrot, seria impossível não ter prazer em ler tudo o que escreve.
    E posso lhe dizer que também possuo grande apreço por estar aqui presente.

    Abraços!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Web Analytics